FETRAM/CUT-MA REALIZOU REUNIÃO AMPLIADA

A FETRAM/CUT-MA – Federação dos Trabalhadores da Administração e do Serviço Público Municipal do Maranhão promoveu nos dias 26, 27 e 28 de janeiro de 2017, a Reunião Ampliada da Instituição. O evento aconteceu nas dependências do Praia Mar Hotel, localizado na Av. São Marcos, em São Luís-MA e reuniu os membros das direções executiva e estadual, do conselho fiscal e representantes dos sindicatos filiados à federação que não têm assento na direção da entidade.

Para a formação da mesa de abertura do evento, observamos as presenças das presidentes da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetm), Vilani Oliveira, da Central Única dos Trabalhadores no Estado (CUT/MA), Maria Adriana Oliveira, da secretária nacional de Combate ao Racismo da CUT, Maria Julia Nogueira, e do presidente interino da FETRAM, José Carlos Rodrigues.

Para a realização deste evento a FETRAM/CUT-MA encaminhou ofício circular à Direção Executiva, Estadual, Conselho Fiscal e Sindicatos filiados à Federação. A oficialização traz explicitamente o tema RESISTIR E LUTAR discutido nacionalmente por outras federações.

Em seu discurso neste evento a presidenta da Confetam/CUT Vilani Oliveira destacou que diante dos fenômenos políticos a apatia (condição de quem não se comove) da população dificulta na luta pela preservação dos direitos conquistados e ameaçados pelos governos golpistas. Esta reflexão serve para designar os governos nas esferas municipal, estadual e nacional.

“Ainda tem espaço pra luta, resta saber o que tá acontecendo com as pessoas que não estão reagindo, não estão indo para as ruas com a mesma potencialidade que, historicamente agente sempre teve?” Indagou Vilani. Ela destaca que a luta contra as reformas da Previdência e trabalhista serão prioritárias para os servidores públicos municipais em 2017.

No Brasil, os sindicatos são reconhecidos como atores sociais que reivindicam e organizam a classe trabalhadora no contexto de uma democracia representativa e também participativa, conforme previsto na Constituição Federal de 1988.

Segundo o Secretário de Organização e Política Sindical da CUT-MA, Valter Cezar Dias Figueiredo, a organização dos sindicatos nas esferas municipais torna-se fundamental e importante para atuar em defesa das injustiças que subtraem os direitos da categoria representada. Ele ainda destacou que, os sindicatos devem ser unificados, regularizado no Ministério do Trabalho e buscar representatividade na esfera estadual para se tornarem mais fortalecidos. Outro destaque durante sua fala foi quando alertou sobre a possibilidade dos sindicatos municipais atentarem para a aprovação da LOA – Lei Orçamentária Anual junto ao legislativo municipal.

Ciranda e José Carlos – Presidente interino da FETRAM-MA

A professora Franciran Azevedo (Ciranda) de Alto Alegre do Pindaré participou do evento como convidada do setor Administrativo da FETRAM-MA. De acordo com ela a Reunião Ampliada foi um momento enriquecedor e de esclarecimentos para os municípios participantes. Isso possibilitou aos representantes de 60 sindicatos de vários municípios maranhenses e convidados a discussão de problemas como falta de pagamento e desrespeito com os servidores públicos em vários municípios, dentre outras mazelas praticada por administradores e até mesmo por militantes sindicalistas que ocupam cargos de confiança em seus municípios.

Ciranda avaliou o evento como um ato de reflexão, troca de experiencias e informações e de aquisição de conhecimentos. Wellinton Resende – Auditor Fiscal da CGU frisou sobre a mobilização dos funcionários públicos. “Devemos nos mobilizar sendo sindicalizados ou não, mas que a comunidade deva participar e ficar de olho nos recursos que entram no município e onde estão sendo aplicados. Os sindicatos precisam participar mais através de conselhos e divulgações”. finalizou Resende

Compartilhar Via:

Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *